Por que a Rota do Mar do Norte é uma boa alternativa ao Canal de Suez? – RT

Esta rota, que percorre a costa norte da Rússia pelos mares do Oceano Ártico, pode reduzir significativamente as viagens da Europa à Ásia e também apresenta vantagens do ponto de vista ecológico.

Por que a Rota do Mar do Norte é uma boa alternativa ao Canal de Suez
Um navio navega ao longo da Rota Marítima do Norte.Youtube / @ Rosatom

Centenas de navios continuam a se acumular em frente ao Canal de Suez, que permanece bloqueado desde terça-feira após o encalhe  do enorme navio porta-contêineres MV Ever Given. A situação suscita temores de que o atraso inesperado decorrente deste acidente possa afetar  a cadeia de abastecimento global e os preços do petróleo e gás, e provoca reflexos sobre a necessidade de uma alternativa a esta rota marítima. Uma alternativa que a Rota Marítima do Norte pode oferecer.

A Rota do Mar do Norte é a rota marítima mais curta entre a parte europeia da Rússia e o Extremo Oriente, bem como a principal comunicação marítima no Ártico russo. Esta estrada segue ao longo da costa norte da Rússia através dos mares do Oceano Ártico por 5.600 quilômetros do Estreito de Kara à Baía de Providéniya.

O transporte de mercadorias do Extremo Oriente para a Europa através do Canal de Suez  requer viajar mais de 23.000 quilômetros . Em contraste, a Rota Marítima do  Norte  tem pouco mais de 14.000 quilômetros de extensão . 

Diante do derretimento maciço das calotas polares, a Rota do Mar do Norte está se tornando uma opção cada vez mais atraente para o transporte global de carga, pois pode  reduzir as viagens da Europa para a Ásia em aproximadamente 10 dias em comparação com as rotas pelo Canal de Suez.

Esta última é considerada uma estrada sobrecarregada mesmo quando não está inutilizável como resultado de encalhe. Além disso, apesar das reformas, ainda existem várias áreas estreitas no canal, o que atrasa muito a navegação e reduz a capacidade de tráfego.

Uma imagem de todos os navios engarrafados ao largo do Canal de Suez mostra como um cargueiro encalhado pode paralisar o tráfego marítimo

Uma imagem de todos os navios engarrafados ao largo do Canal de Suez mostra como um cargueiro encalhado pode paralisar o tráfego marítimo

A utilização da Rota Marítima do Norte também pode ser favorável do ponto de vista ecológico. Segundo o vice-ministro russo para o Desenvolvimento do Extremo Oriente e do Ártico, Anatoli Bobrakov, levando em consideração o valor atual dos créditos de carbono, as transportadoras poderão economizar até 500 milhões de euros (mais de 589 milhões de dólares) por ano usando a rota do Ártico “devido à redução das emissões de carbono, em comparação com o transporte de volumes semelhantes através do Canal de Suez.” 

“Consegue-se um menor volume de emissões devido a uma redução significativa no comprimento da rota. Portanto, o desenvolvimento da Rota do Mar do Norte pode ter um efeito  não só econômico, mas também ambiental direto ” explicou  o dirigente. 

Em 2020, cerca de 33 milhões de toneladas de carga foram transportadas pela Rota do Mar do Norte, de acordo com dados do Ministério russo para o Desenvolvimento do Extremo Oriente e do Ártico. O tráfego de carga ao longo desta estrada está projetado para aumentar para 80 milhões de toneladas por ano até 2024.

Traduzido de RT en español

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s